Mobfood

Designação do Projeto | MOBFOOD - Mobilização de Conhecimento Científico e Tecnológico em Resposta aos Desafios do Mercado Agroalimentar

Código do Projeto | 24524

Tipologia da Operação | Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico - Programas Mobilizadores

Código da Operação | POCI-01-0247-FEDER-024524

Objetivo temático | OT 1 - Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção | Norte, Centro, Lisboa, Alentejo

Promotor líder | PRIMOR CHARCUTARIA - PRIMA, S.A.

Copromotores |

Fábrica de Conservas "A Poveira", S.A.

Fromageries Bel Portugal

BLC3 Evolution, Lda.

Matadouro Central de Entre Douro e Minho S.A.

Cerealis Produtos Alimentares S.A.

Decorgel - Produtos Alimentares S.A.

FoodinTech Lda.

Frulact - Indústria Agro Alimentar S.A.

ICM – Indústrias de Carnes do Minho, S.A.

INOVA+ - Innovation Services, S.A.

I.T.S. – Indústria Transformadora de Subprodutos S.A.

Mendes Gonçalves, S.A.

Olano Logistica de Frio, Lda.

Sebol - Comércio e Indústria de Sebo S.A.

Sense Test - Sociedade de Estudos de Análise Sensorial a Produtos Alimentares, Lda.

Sonae Center Serviços II, S.A.

Univeg Logistics Portugal - Logística e Transportes S.A.

Vitacress Portugal, S.A.

Vizelpas - Comércio de Artigos Plásticos, Lda.

CATAA - Associação Centro de Apoio Tecnológico Agroalimentar

CIIMAR – Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental

Universidade Católica Portuguesa

Faculdade de Ciências da Universidade do Porto

Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto

Instituto de Biologia Experimental e Tecnológica

Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia

Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, I.P.

Instituto Politécnico de Bragança

Instituto Politécnico de Coimbra

Instituto Politécnico de Castelo Branco

Instituto Politécnico de Leiria

Instituto Politécnico de Santarém

Instituto Politécnico de Viseu

Instituto Politécnico de Viana do Castelo

Instituto Superior de Agronomia

Instituto Superior Técnico

Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros

INTEGRALAR - Intervenção de Excelência no sector Agro-Alimentar

Universidade de Aveiro

Universidade de Coimbra

Universidade do Minho

Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa

NOVA Medical School | Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa

Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

Data de aprovação | 24.07.2017

Data de início | 01.12.2017

Data de conclusão | 30.11.2020

Investimento total elegível | 7.021.739,21 €

Apoio financeiro da União Europeia através do FEDER | 4.547.393,15 €

Programa financiador | Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (POCI), Programa Operacional Lisboa (PO Lisboa)

Breve Descrição do Projeto | O projeto MOBFOOD tem como objetivo responder aos desafios relacionados com a promoção de uma indústria alimentar nacional mais competitiva. Passará pela promoção de novas estratégias de crescimento baseadas no reforço da capacidade tecnológica, de inovação e de I&D orientadas à obtenção de novos produtos, serviços, processos ou tecnologias, atuando ao longo de toda a cadeia de valor e reforçando a colaboração entre o setor empresarial e não empresarial. Pretende-se que o setor alimentar seja sustentável, totalmente integrado, interligado, transparente, resiliente, seguro, eficiente na utilização dos recursos e centrado no consumidor. Pretende-se alcançar estes objetivos através da implementação de soluções em três pilares principais: “Segurança Alimentar e Sustentabilidade”, “Alimentação para a Saúde e Bem-estar” e “Alimentos Seguros e Qualidade”, materializando-se na investigação e desenvolvimento de novos processos, produtos ou serviços.

 

Estrutura do Projeto | PPS 2. Resíduos e Utilização Eficiente de Recursos | PPS 3. Embalagens sustentáveis com propriedades ativas para aplicações alimentares |PPS 4. Nutrição, Saúde e Bem-Estar | PPS 5. Qualidade e Segurança Alimentar |PPS 6. Autenticidade e rastreabilidade de produtos frutícolas DOP (Pera Rocha do Oeste) e IGP (Maçã de Alcobaça var. Golden Delicious) e queijo DOP (Serra da Estrela) | PPS 7. Logística - Cadeia Logística Agroalimentar Sustentável Colaborativa | PPS 8. Consumidor - Novas Tecnologias de Avaliação | PPS 9. Coordenação de Projeto, Promoção, Disseminação e Exploração de Resultados

ValorMar

Designação do Projeto | VALORMAR - VALORIZAÇÃO INTEGRAL DOS RECURSOS MARINHOS: POTENCIAL, INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E NOVAS APLICAÇÕES

Código do Projeto |024517

Tipologia da Operação | Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico - Programas Mobilizadores

Promotor líder | SONAE CENTER SERVIÇOS II, S.A

Copromotores |

Designação Social da Entidade

Universidade do Minho

A2O - Água, Ambiente e Organização, Lda

ALGAplus - produção e comercialização de algas e seus

CERAMED - Cerâmicos para aplicações médicas, S.A.

Piscicultura do vale da lama lda

Centro de Ciências do Mar do Algarve

CIIMAR - Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental

CMP – Cimentos Maceira e Pataias S.A

Fábrica de Conservas "A Poveira", S.A.

Castro, Pinto & Costa Lda.

CVR - Centro para a Valorização de Resíduos

Foodintech lda

Fourmag Lda.

Hidromod-modelação em engenharia lda

Necton - companhia portuguesa de culturas marinhas s.a.

Riasearch, unipessoal Lda

SPAROS LDA.

Sorgal - sociedade de oleos e rações s.a.

Sociedade Portguesa de Inovação

Universidade Católica Portuguesa

Instituto Politécnico de Viana do Castelo

Universidade de Aveiro

iBET  

Instituto Português do Mar e da Atmosfera, I. P.

INEGI - Instituto de Ciência e Inovação em Engenharia Mecânica e Engenharia Industrial

Instituto Politécnico de Leiria

Fórum Oceano - Associação da Economia do Mar

Universidade do Porto

DOCAPESCA-PORTOS E LOTAS S.A.

Bivalvia - Mariscos da Formosa, Lda.

 

Data de início | 01.10.2017

Data de conclusão | 30.09.2020

Investimento total elegível | 8.043.392,62 €

Breve Descrição do Projeto | O projeto ValorMar, liderado por uma instituição de referência - SONAE, integra 18 empresas e 13 entidades do sistema de I&D, com ampla abrangência geográfica nacional. ValorMar desenvolverá soluções tecnológicas inovadoras que potenciem a valorização e uso eficiente dos recursos marinhos através da integração das cadeias de valor, numa lógica de economia circular, articulando: aquacultura, indústria alimentar, biomédica, farmacêutica e cosmética. O ValorMar tem como objetivo geral a valorização de recursos marinhos, através da investigação, desenvolvimento e demonstração de novos produtos e da melhoria de processos produtivos, propondo soluções inovadoras para a criação de novos produtos alimentares saudáveis, recorrendo a inovadoras tecnologias sustentáveis e eficientes. Terá como objetivos específicos: 1. Investigação e desenvolvimento de conservas e snacks inovadores, propondo novas estratégias para prolongar o tempo de vida útil de preparados de pescado; 2. Desenvolvimento e otimização de novos produtos, tecnologias e processos para produção aquícola em Portugal e na Europa; 3. Biorefinarias marinhas – isolamento de compostos bioativos marinhos, para utilização numa diversificada gama de aplicações, incluindo formulações para alimentos funcionais ou em indústrias biomédicas, farmacêuticas e cosmética; 4. Investigação e desenvolvimento de uma plataforma tecnológica de suporte à informação de rastreabilidade, que permita a disponibilização de informação a empresas e ao consumidor final de um modo integrado, considerando toda a cadeia de valor em causa; 5. Divulgar os avanços científicos e técnicos alcançados e assegurar mecanismos para a promoção da valorização económica dos resultados do projeto. Os produtos, processos e serviços serão produzidos numa lógica de mobilização transversal de recursos humanos, com vasto currículo e experiência em desenvolvimento e implementação de projetos de I&D nas áreas temáticas do ValorMar.

 

Estrutura do Projeto | PPS1. Novos produtos de mar, tecnologias e processos para a indústria e mercado | PPS2.Desenvolvimento e otimização de novos produtos, tecnologias e processos para a aquacultura | PPS3. Biorefinarias marinhas | PPS4. Integração da cadeia de valor do pescado | PPS5. Gestão do Projeto, Disseminação e Valorização de Resultados

Projetos cofinanciados por:

SAFER - Smart Atlantic Seafood Clusters

The project SAFER – Smart Atlantic Seafood Clusters aims to improve the innovation performance of the seafood sector by increasing technology adoption and transnational cooperation giving response to the challenges of a sector identified as high-potential for the smart growth of the participant regions.

SAFER started in october of 2017 and it will be finished in september of 2020. It is financed by the INTERREG Atlantic Area Programme and led by ERNACT - European Regions Network for the Application of Communications Technology.

Com o apoio de